VAMOS AOS FATOS VI

O leitor está lembrado das palavras de ZH no último dia 25 de janeiro, onde ele afirmou na Câmara que a culpa pelos problemas era do engenheiro que havia aprovado um projeto que continha falhas?

E que era por causa dessas falhas que ele estava pagando tão caro?

E que ele era inocente?

Pois bem: Por que ZH antes de sacar os mais de 3 milhões, não avisou à FUNASA que havia problemas de solo de terceira categoria e que por isso a continuação da obra tal como no projeto original  seria inviável?

Porque ZH não solicitou a tempo uma alteração no projeto e porque não avisou que o solo era diferente daquele projetado? E porque, antes de solicitar a alteração, ele sacou todo o dinheiro, quando deveria ter deixado na conta, rendendo, esperando autorização da FUNASA para promover as mudanças?

Em vez de parar a obra, solicitar a alteração do projeto e aguardar a resposta da FUNASA, ZH raspou o dinheiro das contas, afirmou que a obra estava pronta e funcionando, botou o engenheiro para assinar a declaração falsificada e protocolou ofício pedindo aprovação da prestação de contas, como se a obra estivesse perfeita.

E se não fosse Chico Clementino e Zé Batista, não haveria nada de obra feita, pois algumas ruas por onde deveriam passar saneamento já estavam asfaltadas.