E haja buraco pra tapar II

Ainda sobre a licitação para “conserto de calçamento”, algumas considerações:

  • O edital não possui projeto básico claro de modo a se saber quais ruas e onde estariam os buracos a serem tapados.
  • Não há especificação técnica, apenas uma referência genérica de como deve ser prestado o serviço, que eles dão o nome de memorial descritivo.
  • Segundo Zé Batista, o edital é furado.

Dessa forma, é impossível se saber o que de fato foi feito, tornando impossível uma correta fiscalização.

Sem falar no preço do metro quadrado: verdadeiramente exorbitante!

É, de fato a grana dá pra tapar muitos buracos.

One thought to “E haja buraco pra tapar II”

  1. Paga-se o buraco de muita campanha com essas licitações.Isso é conversa pra boi dormir.DENÚNCIA JÁ!!!

Comentários fechados.