Várzea Alegre debaixo da mentira

É impressionante o tamanho da desfaçatez do prefeito e seus aduladores, tipo esse Batista Júnior ou mesmo Marco Filho, que não se cansam de enganar a população, tudo para tentar blindar a imagem de Zé Hélder.

No caso da inadimplência do município, Zé Hélder já processou Vanderlei, artifício usado para tentar sair de uma inadimplência cuja culpa era dele, Zé Hélder. Vanderlei precisa agir e rápido contra essa agressão. Apesar disso, essa gente se expõe para mentir, deturpar, enganar.


Ocorre que o convênio que mais vem prejudicando o município é aquele no valor de 3 milhões de reais, que seria para fazer o saneamento da cidade e que foi desviado com o auxílio de notas fiscais fraudulentas, de falsificações de documentos, de saques realizados quando não havia quase nada construído, fato que ganhou um roteiro muito bem delineado de um Procurador Federal junto a Justiça de Juazeiro – uma ação penal -, hoje tramitando no TRF5.

O saneamento de Zé Hélder, nas palavras do Ministério Público, foi desviado através de uma teia complexa de ações criminosas que culminou em um processo, no qual o Procurador Federal pede a condenação do prefeito em 7 crimes. Na FUNASA, Zé Hélder é condenado a devolver quase 1 milhão de reais por causa desse convênio. Por causa desse convênio Várzea Alegre segue em situação de INADIMPLÊNCIA. Cadê Marco Filho com a verdade? E Batista?

É esse o motivo da inadimplência que Várzea Alegre enfrenta hoje. Ocorre que Marco Filho e Batista Junior sabem disso. Porém, o enredo que levam a público é outro, falsificado e mentiroso.

Até quando essa imprensa vai tentar manter uma imagem na base da mentira, da desfaçatez e da bajulação?

O prefeito segue pintando e inaugurando quebra molas, enquanto isso o povo arca com as consequências.