Vereador Márcio Henrique alertou Zé Hélder, que preferiu ficar do lado da suspeita, da enganação.

Em tom emocionado o vereador Márcio Henrique demonstrou grandeza, estatura, equilíbrio e coragem quando falou, da tribuna da Câmara, que ligara para Zé Hélder e pedira para que ele retirasse o projeto da pauta.

Entre o bom senso e a canalhice, Zé Hélder se afastou da sensatez proposta pelo vereador e insistiu no projeto suspeito, nefasto e contrário aos interesses do município.

Márcio Henrique, a história política de Várzea Alegre haverá de te reconhecer.

Parabéns!