Ainda sobre a entrevista que causou engulho aos ouvintes:

Na palhaçada promovida por Marco Filho, que não sei se alguém pode chamar aquilo de entrevista, o vereador e Zé de Zaqueu, e o repórter, claro, apresentaram  como troféu, como uma vitória, o fato de o terreno haver sido doado à Câmara.

Ora, se houve vitória com a doação do terreno, esse mérito deve ser dado aos vereadores que votaram contra o projeto da permuta.

Se não fosse a rejeição do projeto, esse terreno teria saído por quase 250 mil reais.

Esses senhores tentaram de todo jeito fazer as pessoas de idiotas.

Não conseguiram.